Suspeito de matar policial da Cipe Cacaueira é preso em Ilhéus

11/08/2014 12:22
 

Um homem identificado como Leonilson Silva dos Santos, vulgo “Léo do Barro”, foi preso por policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), da 70ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), no bairro do Vilela, no município de Ilhéus, sul da Bahia, neste domingo (10). De acordo com informações da polícia publicadas no site Verdinho de Itabuna, Léo é acusado de 15 homicídios na região e também de matar o policial militar, lotado na Cipe Cacaueira, Heloísio Santos Andrade.  

 
O homicídio aconteceu no início deste ano, quando o policial saía de uma festa de formatura em uma casa de eventos em Ilhéus, quando foi baleado no peito. O policial ainda conseguiu alvejar o traficante. Mesmo ferido, ele conseguiu fugir em uma motocicleta.


Além da acusação de matar o policial, Leo planejava matar o comparsa conhecido como “Ed”, que estaria lhe devendo drogas. No momento da prisão, Léo estava acompanhado dos suspeitos, Elton Boaventura Santos e Maxuell Ferreira Soares vulgo “Gagé”.  O grupo estava em um veículo Fiat Pálio vermelho, placas JMX-0506, quando avistaram os policiais entraram em um motel na região do bairro Teotônio Vilela, mas foram rendidos pelos policiais.

 
Na abordagem, foram encontrados: uma pistola marca Zicana, calibre ponto 40 com 22 cartuchos, sendo 12 no carregador e 10 de reserva, um revólver SW, calibre 38 especial de 6 polegadas, municiado, com numeração não identificada, e duas máscaras confeccionadas com pano e borracha.
 
“Léo do Barro”, que estava no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, foi posto em liberdade há cerca de três meses.
 
www.chorrochoonline.com
Informação Entretenimento e Cultura
Foto: reprodução / Blog Verdinho de Itabuna
Rodelas na Notícia

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!