Vereador morto em Serra Talhada era chefe de quadrilha que praticava homicídios, conclui polícia

11/05/2015 12:06

56a30cf4a75fed4cca24372b79e5ffb8O vereador Cícero Fernandes, morto em março deste ano em Serra Talhada (PE), Sertão do Pajeú, era um dos chefes da quadrilha responsável por praticar homicídios no município. A informação foi repassada pelo delegado Guilherme Caraciolo, responsável pelas investigações, em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (11) para divulgar os detalhes da Operação Paz no Sertão, deflagrada na última quinta (7).

Ainda de acordo com a Polícia Civil, um dos acusados de assassinar o vereador de Serra Talhada é integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC), maior organização criminosa do País, que tem base em São Paulo. O suspeito está foragido.

No dia da operação, a polícia divulgou que três policiais militares (dois de Pernambuco e um da Paraíba) foram presos acusados de participar da quadrilha que cometia os homicídios. De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), todos os PMs envolvidos serão punidos.

Nove armas e diversas munições foram apreendidas na operação. Na Paz no Sertão, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão em solo pernambucano, com a participação de 193 policiais civis e 56 policiais militares.

Moradores de Serra Talhada estavam assustados com a onda de homicídios na região, uma vez que, desde janeiro até o fim de abril, nove assassinatos haviam sido registrados na cidade. A Secretaria de Defesa Social (SDS) chegou a enviar reforço policial para conter o clima de insegurança gerado na cidade. A sequência de crimes, inclusive, gerou especulações de que haveria uma lista de pessoas “marcadas para morrer” em Serra Talhada, o que foi descartado pela polícia. (fonte/foto: JC online)


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!