Com quase 400 anos Festejos de Santo Antonio do Pambu Abaré na Bahia batem recorde de público

07/01/2019 17:54

Todos os anos a comunidade indígena do Pambu realiza os festejos em comemoração ao Santo Antonio do Pambu. O lugar é visitado durante todo o ano por centenas de fiéis de vários lugares do País. Durante os festejos de Santo Antônio intensifica-se as visitas dos romeiros.

O evento festivo e o novenário é uma das mais antigas tradições da comunidade e é organizada pelos membros da própria comunidade, sem apoio do poder público, eles mantém a tradição e realizam a festa dançante no dia (5), muitos visitantes vem ao lugar para fazer e pagar promessas e agradecer.

SocorrinhaTumbalalá que é uma das pessoas a frente da Comissão Organizadora da Festa do Pambu, agradeceu a presença de todos no evento . Segundo a mesma não é nada fácil organizar e realizar um evento desse porte sem o apoio do poder público e sem recurso algum. Muitos carregam a fé, a esperança, a coragem e com esses ingredientes indispensáveis à vida enfrentaram e realizaram os festejos de Santo Antônio do Pambu que há quase 400 anos acontece na Comunidade de Pambu!

Cicero Marinheiro o Cacique da Comunidade estava sempre acompanhando tudo durante o evento recepcionando as pessoas e buscando da aquela acolhida a todos.

A festa esse ano contou com diversas atrações musicais dentre elas Sergio do Forro e Lenno. Os visitantes e moradores ocuparam todos os espaços da Comunidade, muitos aproveitaram os festejos para ganhar um troco a mais e melhorar sua economia, muitas barracas com comidas típicas da comunidade e outras mais, um parque de diversão deu mais opções aos pais que levaram suas crianças ao evento. As portas das casas dos moradores sempre abertas aos visitantes demonstrando um acolhimento bastante chamativo, durante todo o tempo do evento as pessoas se confraternizavam, reuniões abraços e muita conversa, em meio ao evento as pessoas dançavam por todos os lugares da Comunidade, idoso e crianças juntos com a juventude demonstravam ainda mais a união de um povo em torno de sua fé e suas tradições.

Até mesmo a limpeza da Comunidade, pintura os mínimos detalhes, fica por conta da comisão organizadora do evento e voluntários alguns até mesmo visitantes ajudam.

A comissão organizadora realiza também um banho no rio a mais de dez anos para toda a Comunidade, após a festa sempre dia 7 de janeiro, um dia após o encerramento dos festejos. É tipo uma confraternização para muitos que não tiveram tempo suficiente para se divertir por estar recebendo os visitantes e também aqueles da Comunidade e visitantes se divertirem um pouco mais.

 

www.chorochoonline.com

Informação entretenimeno cultura e política


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!