Operação contra foragidos tem um suspeito morto, 21 mandados cumpridos e prisão em flagrante

28/07/2020 22:00

Operação contra foragidos tem um suspeito morto, 18 mandados cumpridos e prisão em flagrante. — Foto: Alberto Maraux / SSP-BA

Ação foi deflagrada nesta terça-feira (28) em 10 bairros de Salvador e em nove cidades da Bahia.

 

Vinte e duas pessoas foram presas e um homem morreu durante uma operação conjunta da Secretária de Segurança Pública (SSP-BA) e do Ministério Público Estadual (MP-BA), deflagrada na manhã desta terça-feira (28), para localizar foragidos da Justiça suspeitos de participação em homicídios, tráfico de drogas e assaltos na Bahia.

 

Segundo a SSP-BA, foram cumpridos 21 mandados de prisões, em Salvador e cidades do interior da Bahia. Além disso, foi feita uma prisão em flagrante.

 
Na capital, os mandados foram cumpridos nos bairros de Arenoso, Cosme de Farias, Federação, Paripe, Pirajá, Plataforma, São Cristóvão, Sussuarana, Tancredo Neves e Uruguai. Em Tancredo Neves, os policiais encontraram uma espingarda calibre 12, tabletes de maconha e uma balança com os presos.
 
No bairro de Sussuarana, uma pistola austríaca, carregador, munições, colete balístico, porção de maconha, balança e embalagens plásticas estavam com um homem suspeito de participação no tráfico. Ainda de acordo com a SSP-BA, ele atirou quando viu as guarnições, mas acabou atingido no confronto. O homem chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.
 
Ainda de acordo com a SSP-BA, duas pessoas que não tinham mandados acabaram localizadas na operação. No bairro de São Cristóvão, um homem tentou fugir, mas foi alcançado. Ele estava com uma arma de fogo e porções de drogas.
 
Já no interior, os mandados foram cumpridos em Camaçari, Feira de Santana, Juazeiro, Jacobina, Itapetinga, Porto Seguro, Vitória da Conquista e Paulo Afonso.
 
Policiais militares e civis, além de equipes da Superintendência de Inteligência (SI) da SSP, atuaram na operação, que teve apoio do Centro de Apoio Operacional Criminal (Caocrim), do Centro de Apoio Operacional da Segurança Pública e da Defesa Social (Ceosp), do Grupo de Apoio Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Cooordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência (CSI), com a colaboração da Controladoria Geral da União (CGU).

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!