De Olho na Política edição 184 Opinião do leitor sobre o cenário político de Macururé

18/01/2020 16:23

Vou escrever que sou melhor que falando. Escrevendo não gaguejo. Estou de longe, mas me preocupo com Macururé, quem me conhece sabe que sempre me preocupei. Na medida do possível ajudei e ajudo a quem precisa e recorre a mim. Nunca me apeguei a dinheiro público, ou a cargo para doar um medicamento, um gás, uma cesta básica, ajudar em uma viagem ou até mesmo para festas e esporte. Nunca usei disso para pedir um voto, e mesmo sabendo que as pessoas não votavam de acordo com minha vontade, minha solidariedade sempre foi a mesma. Quem me conhece sabe exatamente do que falo aqui. Anderson é um grande homem, eu não votei nele, e mesmo assim ele usou a mesma honra que eu. Anderson nunca me tratou diferente, nunca precisei dele pra algo pra ele dizer não, seu carro por muitas vezes ficou em minhas mãos para o que eu quisesse. Não seria justo alguém fizer que Anderson não tem seu valor. Eu não conheço ninguém em Macururé com a dignidade, simplicidade e honra que ele. A questão de Bergue não é diferente, eu votei contra, e mesmo antes das eleições ele sabia disso, Bergue sempre esteve presente em minha vida, desde que ele era criança. Não votei nele porque na ocasião eu era mais amigo do outro candidato, mas isso não quer dizer que Bergue não merecia meu voto. Agora eu não vou votar por amizades, vou votar por reparação de erros. Votarei em Bergue 7 vezes e 7 vezes irei comemorar a vitória. Eu sou pé quente, minha vida é vitoriosa por onde ando.

Alaercio Torres De Olho na Política 2


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!