De Olho na Política edição 200: É tempo de eleições municipais, a cada 4 anos a região se divide no jogo pelo poder

27/06/2020 21:59

No cenário político da região surgiram alguns nomes novos, porém muitos são antigos e conhecidos da população a bastante tempo.

 

Arrevanche

Em Macururé o cenário político daquela cidade tende a ser renovado, nos bastidores há muitas especulações de um racha no grupo do gestor Everaldo, o grande problema é que muitos comentam que a ex-prefeita Silma quer disputar novamente, já os simpatizantes do prefeito Everaldo falam que ele não abre nem pra um trem. tanto que essa semana o locutor Marcos Oliveira foi removido de alguns grupos por falar que se a candiadta for Silma ele ve isso como uma traição e passarar a torçer pelo Menino de Ouro. Já a oposição se uniu em torno do mesmo nome que disputou em 2016. Bergue de Josias ( O Menino de Ouro ) que se fortaleceu bastante nesses últimos anos e tem o apoio dos Adrianos, Presidente da Câmara e vários vereadores e lideranças espalhadas por todo o município.

 

De volta ao trono

Na cidade de Rodelas surgem três nomes o atual prefeito Geraldinho que foi eleito com o apoio do ex-prefeito Emanuel e deve tentar a reeleição, na sua gestão não se teve nenhuma grande obra sabe se que o mesmo terminou duas obras do ex-gestor e calçou algumas ruas da cidade, seu braço forte é o deputado Mario Junior, sua maior marca foi a grande quantidade de quebra-molas que fez na cidade. Ieda e seu esposo é mais uma via que surge, porém  perderam as últimas eleições para vereador.  Já o ex-prefeito Emanuel Rodrigues que fez história na cidade e se tornou um dos maiores prefeitos de Rodelas, agora ele quer mais um recorde naquela cidade, ser o único prefeito a governar Rodelas por três mandatos.

 

Chorrochó há 16 anos não tem renovação política

Chorrochó o poder está nas mãos de uma só família á  décadas, os Ramos da Barra do Tarrachil vem dominando a política e Humberto ta no seu terceiro mandato, mesmo sendo o único prefeito da história da cidade que já foi afastado e não terminou o seu segundo mandato. Muitos falam nos bastidores e em grupos de Whatsapp que ele não pode ir para a disputa, e que está esperando o momento certo de deixar o vice sem opções de escolha preso na chapa, para poder escolher os seus candidatos a prefeito.  Já a oposição vem se fortalecendo bastante após mais de uma década conseguiu a Presidência da Câmara conta com o apoio do Presidente da Câmara, ex-prefeita e prima do gestor Rita Campos, o tio e alguns primos do gestor na Barra também já declaram apoio a oposição que tem a maioria na Câmara e boa parte do grupo do vice hoje é da situação.

 

 

Há 36 anos de um lado sempre tem ele

Em Abaré, em 36 anos Delisio disputou 9 eleições e venceu 6 sendo que duas ele foi o candidato, naquela cidade ele continua sendo o maior nome político a décadas sendo eleito também o vereador mais bem votado da Comarca, Presidente da Câmara e suplente de deputado, ele não costuma passar mais de 4 anos fora da prefeitura e é o pré candidato da oposição mais atuante das quatro cidades da região. Já seu oponente o atual gestor Fernando perdeu uma eleição e ganhou outra, em seu mandato o atual vice prefeito quase assume a gestão por três vezes, porem Fernando  conseguiu se reerguer continuar com o seu mandato, Já Marcelo Radiador tenta o que os outros nunca conseguiram em Abaré uma terceira via porém, o seu articulador Maik recentemente deixou o seu grupo parece que é dificil segurar Maik em um grupo por muito tempo.

 

 

O Vaqueiro, um Borracheiro e Dom Pedro

Curaçá o prefeito vinha fazendo uma excelente gestão, porém no decorrer dos anos vem se apagando um pouco, já na oposição surgem dois nomes o vice Murilo que era da base do atual prefeito e o vaqueiro Flamber Feitosa que tem se mostrado um ótimo articulador e estrategista político, Flamber foi escalado de ultima hora em 2016 disputou e obteve uma expressiva votação, porém não foi eleito, mas essa experiência lhe serviu como trampolim para esse novo desafio e sua aceitação é a melhor entre os demais pré-candidatos. Porém, caso não aja uma união entre os dois pré-candidatos da oposição o prefeito ainda é o favorito.

 

 

O galego é o favorito meu bichinho

Já do outro lado do rio Belém do São Francisco após uma das piores gestões já vista em Belém durante o mandato de Licinio Lustosa o ex-prefeito Gustavo Caribé é o mais cotado, Mas, também surgiu um nome novo na disputa outro professor Evanilson que busca um novo espaço no cenário político belemita e representar uma terceira via que não seja nem Lustosa e nem Caribé. Gustavo anunciou o seu vice e junto com o anuncio veio a noticia, Roberval Aguiar que disputou a ultima eleição para prefeito no grupo de Gustavo anunciou seu rompimento. Agora resta saber se mais outros nomes que anunciaram que se o vice fosse esse o escolhido romperiam com Gustavo vão recuar ou manter a palavra lançada.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!