De Olho na Política edição 191: La onde falta água/terra do coco/Grupo dividido/Aprendendo a destruir uma cidade

19/03/2020 13:37

 

O desespero de um grupo

La na terra do coco o grupo da situação só achou uma saída tentar usar o golpe para assumir o poder para acabar com o rei.

 

Na terra do Coronel ! Tem um grupo dividido

Prefeito diz que vereador saiu do grupo do vice e não do dele. Isso deixa claro o que muitos comentam pelas ruas sobre o possível racha em um futuro próximo.

 

Quem sabe um dia

Como diria Celso Alves se estivesse vivo Dilan Oliveira é candidato pra depois se der certo quem sabe.

 

Enquanto isso la aonde falta água  tem um favorito

O vice é dos Adrianos, uma mistura de experiência e juventude fortalece a pré candidatura do Menino de Ouro.

 

Os três primos Marinheiros

Quem vai comandar o barco?  Três na disputa em uma só família, o cacique ficou de fora porém filho e sobrinhos tentaram uma vaga.

 

Quem vai desistir da disputa

O que chamam de doido vem motivado por meia dúzia ao seu redor, a mamãe tem experiência e grupo mais, sem a máquina será...

 

O retorno do filho do mestre

O filho do mestre quer o voto perdido, na outra foi um voto que lhe deixou de fora e hoje  ele já começa a buscar alianças para sua pré campanha. Seu pai sabe como ninguém dar a volta por cima no cenário político.

 

O certo é pagar a conta de luz

O anuncio do vice e as novas lideranças que marcharam pra oposição deixaram o gordinho sem energia.  Agora o caminho é pagar a conta de luz.

 

A mistura que não da certo

Nomes diferentes em um cenário atual vaqueiro, borracheiro e o Dom Pedro são personagens político do cenário de uma das cidades mais antigas da região. Sabe aquele ditado agente se junta pra ficar forte? Parece que eles não entendem disso não.

 

Aprendendo a destruir uma cidade

Cidade que tem boas faculdades é sinal que tem bons professores. E não é verdade mesmo um professor deu aulas de como enganar a todos.

 

A safra de 2016

Tem um que falam que não pode ser candidato; O outro já brigou com aleijado e idosa; O dali falam em salário de 400 pra pobres e super salários para fantasma; famoso mesmo foi um que  só fez quebra molas coitado.

 

Enquanto isso

Política de Chorrochó continua apagada e longe das definições reais, muito jogo e nada definido ainda.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!