Em reunião com Rui e Wagner, PSB de Lídice avança na direção de apoio a major Denice Santiago

10/09/2020 00:25

Lídice da Mata (PSB) fica fora da chapa de Rui Costa, mas segue apoiando  reeleição do governador | Revista Fórum

Está praticamente nas mãos da executiva nacional do PSB a decisão da deputada federal Lídice da Mata (PSB) de renunciar ao seu projeto de concorrer à Prefeitura de Salvador para apoiar a petista major Denice Santiago, pré-candidata do governador Rui Costa (PT) à sucessão municipal.

Acompanhada do deputado federal Marcelo Nilo (PSB), Lídice teve hoje à noite um encontro de cerca de duas horas com o governador e o senador Jaques Wagner, que movem as peças para tentar fortalecer Denice por meio de uma disputa eleitoral na capital que se resolva em dois turnos.

Na reunião, no Palácio de Ondina, Lídice contou que Nilo fez um apelo ao presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, para liberar a legenda na Bahia a apoiar a candidatura do PT, impedimento criado por uma querela dos socialistas em Pernambuco, berço político da agremiação.

Mas Siqueira condicionou a exceção para Salvador à solução de conflitos entre as duas legendas em outros Estados, nos quais Rui e Wagner buscarão atuar para possibilitar o entendimento na capital baiana. Ainda que não tenha sido conclusiva, a reunião foi vista como um gesto de boa vontade do PSB.

Assim, serviu imensamente para distensionar a relação do partido com Ondina que havia esfriado desde que Lídice admitiu disputar a Prefeitura. O comportamento tanto do governador quanto do senador foi descrito por uma fonte que conversou com os deputados como de extrema simpatia e reconhecimento ao esforço que tanto Lídice quanto Marcelo têm feito no sentido de encontrar uma saída que beneficie o PT na disputa.

Na hipótese, muito provável, de o PSB fechar o apoio a Denice, o passo seguinte deve ser que o partido indique a deputada estadual Fabíola Mansur para a vice da petista, uma vez que a ex-senadora quer cuidar das candidaturas de seus prefeitos no interior.

Caso a decisão do PSB vá na direção de Denice, o governador terá avançado mais um passo no projeto de construir uma frente contra o candidato do prefeito ACM Neto (DEM), o democrata Bruno Reis, formada apenas por duas candidaturas em seu campo – a da major e a de Sargento Isidório, do Avante.

Restaria, para a consumação do plano, a retirada das candidaturas da deputada estadual Olívia Santana (PCdoB), que resiste no páreo porque conta com o apoio do PP do vice-governador João Leão, e do deputado federal Bacelar, do Podemos, que já montou chapa e programa de governo.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!